• White YouTube Icon
  • White Twitter Icon
  • White Instagram Icon
  • White Facebook Icon

Follow on Facebook

RFI Convida Trio In Uno

04/01/2016

 

Trio in Uno traz releitura de música instrumental brasileira para Europa
A paixão pela música instrumental brasileira reuniu em Paris a saxofonista italiana Giulia Tamanini, o violoncelista paraibano Pablo Schinke e o violonista paulista José Ferreira, que criaram em 2014 o Trio in Uno. Rara em uma mesma formação de câmara, a mistura dos instrumentos pode ser ouvida em "Lilas", o primeiro álbum do trio, que está sendo divulgado na França.

Com um universo musical vasto, mas sempre dominado pelo Brasil, o Trio in Uno reivindica influências como Villa-Lobos, Egberto Gismonti, Sérgio Assad e Radamés Gnatalli. Alguns desses nomes, aliás, estão presentes no primeiro disco, como nos títulos Menino (Assad), Chiquinha Gonzaga (Gnattali) e A Fala da Paixão (Gismonti).

“Pegamos o repertório de compositores de admiramos e fazemos arranjos próprios”, comenta Schinke. Mas para o violoncelista, que nunca imaginou misturar seu instrumento com um violão de sete cordas e um saxofone soprano antes do encontro com Ferreira e Giulia, o trio é antes de tudo uma história de amizade: “Gostávamos de tocar juntos, passávamos dias inteiros improvisando e deu certo”, relembra. “Nosso processo de criação é feito de forma bem democrática, onde cada traz seus temperos e tentamos fazer render ao máximo cada instrumento individualmente, mas também dando uma coesão ao trio”, analisa Ferreira.

Os músicos se apresentam no domingo (3) na Peniche Anako, no norte de Paris, e realizam vários shows na França até o mês de junho. Em seguida, o trio se prepara para uma turnê no Brasil, onde já fez concertos em 2015.

Please reload

PRESS

Please reload